market

Cripto dispara com crise bancária evitada, e inflação em linha

As medidas das autoridades americanas para proteger os depositantes do SVB podem ter indicado uma mudança no pensamento do Fed em relação à decisão de alta de juros.
Cripto dispara com crise bancária evitada, e inflação em linha

14 de março de 2023 - O mercado cripto vem seguindo um movimento de alta desde que autoridades americanas tomaram medidas para proteger os depositantes do SVB, evitando o contágio de uma corrida bancária. Isso vem sendo interpretado como uma potencial mudança de pensamento do Fed em relação às decisões de alta de juros. Nós comentamos há alguns dias, após o depoimento do presidente do Fed no Congresso dos EUA, que a narrativa de desaceleração de alta de juros parecia ter desmoronado, dando espaço para uma mais conservadora. Nós mencionamos que somente uma melhora macro significativa poderia mudar a cabeça do Fed. Por ora, acreditamos que a corrida bancária pode ter feito o trabalho. Além disso, os dados de inflação de fevereiro nos EUA vieram em linha com o esperado nesta manhã, mostrando desaceleração em 12 meses. O tumulto no sistema bancário somado ao comportamento dentro do esperado de dados macro podem levar o Fed a subir apenas 25 bps em 22 de março, ou mesmo não subir nada, embora improvável. Como resultado, os preços do Bitcoin romperam a resistência de US$25k, até mesmo testando o patamar de US$26k.

No entanto, não foram somente as expectativas macro melhores que alimentaram a alta do Bitcoin. Muitos no mercado estão apontando que houve uma migração para BTC vinda de USDC, e de outras stablecoins, baseado em dados on-chain. A oferta de USDC nas exchanges aumentou 8% na comparação semanal, indicando que investidores acreditam que o Bitcoin é um lugar mais seguro, no momento, no mercado cripto. Apesar de sua volatilidade, o desenho descentralizado, sem necessidade de permissão ou confiança, do Bitcoin foi criado exatamente para momentos como esses, quando o sistema baseado em confiança estremece, podendo ser o sistema bancário ou stablecoins, que no final dependem do sistema financeiro tradicional também.

Enquanto isso, o mercado cripto ainda precisa de pontes com o sistema financeiro tradicional, as quais vem sendo atacadas por reguladores e autoridades que culpam cripto pela mais recente crise bancária nos EUA. Apesar dos esforços para sufocar a indústria, os recursos encontrarão uma forma de se mover entre cripto e fiat, sendo outros bancos sob regras mais rígidas ou novas tecnologias. Em resumo, o recente colapso de bancos que aceitavam cripto prejudicará a liquidez de curto prazo, mas isso não impedirá o desenvolvimento da indústria cripto. De fato, todas as críticas, ataques regulatórios e redução de liquidez são um mecanismo de defesa contra o valor da indústria cripto como substituta do sistema tradicional.

Principais Notícias:

Sobre a digitra.com

Somos uma exchange global de criptoativos. A primeira operação do mundo a utilizar tecnologia da NASDAQ para negociar criptomoedas. Somos também a primeira exchange de criptomoedas que não cobra taxas dos clientes para negociação e fazemos a guarda dos ativos dos clientes com a Fireblocks, principal empresa de guarda institucional de criptoativos no mundo e temos um seguro para garantir as moedas. Com esta combinação criamos no mundo cripto um nível de governança que só existe nas instituições financeiras tradicionais.

moreContentOnTheMedias